quinta-feira, 13 de junho de 2013

AO MEU FUTURO NAMORADO - Amanda Souza


Querido futuro namorado,
talvez você ache que estou me precipitando em te escrever essa carta agora, mas acredite, quando a sua hora chegar, vai ajudar a entender muito sobre mim. Primeiramente, gostaria de parabenizar você pela paciência, persistência e força de vontade, afinal, eu não sou uma pessoa fácil, nem de conquistar, nem de se envolver. Enfim, sou uma pessoa bastante complicada, como já deve ter dado pra notar. Peço que não se assuste com as minhas crises, sejam elas de choro, de riso ou até mesmo TPM. Se for choro, me acolha. Se for riso, junte-se a mim. Se for TPM, me dê um tempo pra respirar, provavelmente vou te xingar, mas aos poucos, voltarei a minha consciência e te pedirei desculpas.
Uma dica importante de lembrar é não levar tudo o que eu disser ao pé da letra. Vou te dizer pra ir embora ou que vá chamar para sair aquela sua suposta amiga de infância da qual morro de ciúmes, mas o meu objetivo será apenas fazer com que você me abrace e diga que sou única na sua vida. É contraditório, eu sei, mas não tem explicação. Coisas de mulher.
Saiba que gosto de mimos, mas também quero que você seja firme quando eu estiver errada. Dê-me bronca e me compreenda ao mesmo tempo, sei que parece difícil, mas com um pouco de jeito você consegue. Não seja inseguro demais, não me pergunte se tudo me agrada. Se te pedi pra escolher pra onde vamos sair a noite, é porque quero que tome a iniciativa e confio na sua opção. Acredite em você. Não seja muito ciumento. Um pouco de ciúmes até anima a relação, mas tudo demais é veneno. Gosto de ter a minha liberdade da mesma forma que preservo a sua. Saia com os seus amigos quando sentir vontade, que eu também sairei com as minhas. Nada de tá grudado o dia todo.
Quando chegar aqui em casa, pule na minha cama e me acorde com um beijo de bom dia. Prometo que você será o único que me acordará sem que eu fique de mau humor. Seja verdadeiro, só ria da minha piada se realmente for engraçada. Caso não, pode rir da minha cara por ter sido tão boba. Vamos nos comportar como verdadeiros cavalheiro e dama enquanto estivermos almoçando em um restaurante, mas em casa, comeremos pizza com a mão e tomaremos Coca-cola no mesmo copo, assistindo a um velho filme que já assistimos cem vezes. E ainda assim, será divertido.
Me arrumarei toda quando você me chamar para ir a festa de quinze anos de uma prima sua e assim que voltarmos da festa, prenderei meu cabelo em um coque frouxo, tirarei o salto e botarei a minha mais velha camisa. Mesmo assim, você me achará mais linda do que nunca. Se gostar de futebol, saiba que eu gosto e que vamos discutir por isso. Ficarei realmente emburrada se o meu time perder para o seu. Mas bastará você sorrir pra mim e eu já estarei me derretendo em amores. Aliás, por favor, não vamos deixar nossas brigas irem muito longe. Que caiamos na gargalhada nas mais sérias delas.
Bem, acho que esse é o mínimo e o básico que você deve saber. O resto, te convido a descobrir. Mas alerto, pensa bem se vai seguir toda essa lista, porque depois, meu bem, não tem volta e nem antídoto. Você terá uma louca-irremediável de amores por você. E digo mais, eu não te deixarei ir embora. Sendo assim, se você ainda quiser seguir em frente, estamos entendidos.
Beijo e até o futuro. Talvez longe, talvez nem tão distante assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita, fique à vontade e deixe seu comentário. Eu vou amar! Beijos