sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

SEGUINDO A VIDA - Fernando Lapolli


Por fora a mais bela rosa que timidamente se perde entre as emoções de seus pensamentos, ora bons, ora ruins. Por fora ela brilha, ama como se hoje fosse o último dia de sua vida. Por dentro sofre como se tudo estivesse perdido, embora seus olhos e sorrisos plásticos transpareçam estar tudo sob controle. As suas formas envolventes camuflam a dor causada pelos seus sentimentos que se perdem entre as sensações de euforia e tristeza. Ela permanece em pé sobre o seu salto alto, com sorrisos doces, porém curtos, com uma alegria reprimida esperando por algo a mais, algo que talvez nem ela mesma saiba o que é, porém saiba que sente falta. Falta daquilo que poderia lhe deixar feliz por dentro, que lhe transborde a alegria de estar bem consigo mesma e com o mundo externo. Mundo este que só existe em sua fantasia de perfeição de vida, onde conquistar o impossível seja possível, onde a felicidade esteja pautada em um escrito com regras de conduta.

Anseia em ser melhor, por acreditar na sua própria evolução, porém deixa o tempo escorrer pela sua vida, permitindo que o agora se dissipe preenchendo com avidez o seu momento, perseverando o amanhã como se fosse hoje, desprezando o agora na esperança de um futuro nascer do sol mais radiante e próspero, sem antes sentir-se viva. Deixando que o futuro lhe cegue o presente. Ainda assim ela segue, em passos lentos e leves, perseverante, em busca da chave que lhe abrirá a porta da felicidade.

O dia vai passando, o vento que soprava forte, perde força, o sol que brilhava com vigor agora se esconde atrás da bela montanha e a lua timidamente começa a brotar lá no horizonte. E ela? Ela continua com o desejo de fazer brotar em si uma mulher melhor.

Autor do livro 365 frases e do eBook comece o dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela sua visita, fique à vontade e deixe seu comentário. Eu vou amar! Beijos